Anadia atribui 150 cabazes de Natal a famílias carenciadas

96

À semelhança dos anos anteriores, o Município de Anadia vai atribuir cabazes de natal a agregados familiares carenciados do concelho que se encontram em situação de maior vulnerabilidade, proporcionando-lhes assim uma consoada mais digna e com um pouco mais de alegria. 

Este ano o executivo municipal, face também à situação pandémica e às dificuldades que a mesma está a provocar às famílias com menores rendimentos, decidiu aumentar o número de cabazes a atribuir que será de 150, representando um investimento de sete mil euros.

À semelhança dos anos anteriores, a seleção das famílias, a quem serão atribuídos os cabazes, tem por base medidas de política social, de discriminação social positiva, que se encontram em vigor no concelho, promovidas pela Câmara Municipal e outras entidades parceiras da Rede Social de Anadia. Serão privilegiados os agregados familiares que estejam a ser acompanhados pelas medidas: “Projeto Ser + em Anadia”, “Apoio na Medicação”, “Fundo Social”, “Apoio ao Arrendamento Urbano para fim habitacional”, “Apoio a estratos sociais desfavorecidos na construção, recuperação e ampliação das suas habitações”, “Serviço de Atendimento Local de Anadia”, “Rendimento Social de Inserção”, “Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Anadia”, “Resposta de Atendimento e Acompanhamento Social”, “Apoio a Famílias com Pessoas com Dificuldades Intelectual e Desenvolvimental”, “Apoio a Famílias acompanhados no âmbito da Unidade de Cuidados na Comunidade de Anadia” e ainda os indivíduos ou famílias sinalizados pelas Juntas de Freguesia.

Esta iniciativa municipal tem como objetivo principal assinalar a época natalícia com bens alimentares próprios desta época, junto das famílias do concelho, mais necessitadas e com maior dificuldade em aceder aos mesmos. 

fonte: noticias de coimbra