Arganil: “Esta família vai precisar de tudo e a prioridade é reconstruir a casa”

116

Uma “onda de solidariedade” está a mobilizar ajuda à família que viu toda a cada arder no dia de Natal e a junta de Freguesia de Cerdeira e Moura da Serra criou uma conta solidária para receber donativos que visam exclusivamente a reconstrução da habitação, estimada em 35 mil euros, disse ao Notícias de Coimbra o presidente da Junta de Freguesia. IBAN: PT50004534514033467890276

“Vamos monitorizar a conta e publicar os valor uma vez por semana” revela Adelino Antunes que acrescenta que foi criada a 29 de Dezembro pela união de freguesias, a que preside, e está em nome do casal e mais dois membros da junta, podendo apenas ser movimentada pela autarquia em conjunto com o casal. “Foi o mesmo modelo utilizado depois dos incêndios de 2017 e até o Presidente da República elogiou dizendo que nunca tinha visto uma organização

Um casal e três filhos menores, que viviam há poucos dias na localidade, conseguiram fugir das chamas que terão começado na lareira, mas todo o interior da habitação ficou destruído. O fogo terá começado na lareira da casa, comprada recentemente por esta família que deixou a cidade e escolheu a aldeia de Parrozelos para viver perto da natureza com as crianças.

Um dia depois do incêndio foi feita uma estimativa técnica de “reconstrução do lar que fora “roubado” a este Casal e às suas três crianças. Esta conta tem o único objetivo de devolver a esperança que lhes fora arrancada temporariamente, estando todos nós de forma convicta, instituições e comunidade em geral, confiantes que esta história irá ter um final feliz”.

Para contribuir monetariamente e ajudar esta família deverão ser utilizados os dados da conta oficial:

NIB: 004534514033467890276

IBAN: PT50004534514033467890276

Nome da Conta: S.P.-RENASCER PARROZELOS

A União de Freguesias de Cerdeira e Moura da Serra desde a primeira hora e em Colaboração com a Casa da Povo de Cerdeira e Moura da Serra, IPSS, Comissões\Ligas de Casarias, Cerdeira, Moura da Serra, Mourísia, Parrozelos, Relva Velha, Valado, Compartes e Grupo Recreativo “Os Malmequeres”, com a ajuda de toda a comunidade abraçaram esta Família que ficou desalojada.

A prioridade foi alojar as cinco pessoas e nas “primeiras noites a família ficou alojada na Casa do Povo de Cerdeira e Moura da Serra, encontrando-se em instalações que pertencem à Comissão de Melhoramentos de Relva Velha com o apoio de toda a Comunidade.

A residir temporariamente num “local que tem todas as condições básicas, a família já recebeu roupa e agora é importante reconstruir a casa para depois poder receber outros donativos”.

Há muita gente a querer doar roupa e outros bens e o presidente da Junta apela a que o façam daqui a mais algum tempo, depois da reconstrução da habitação. O autarca refere que há muita gente a “querer dar” e se for o caso, encontrarão solução de armazenamento, mas o ideal será aguardar para receber os bens depois da reconstrução da casa.

CONTA SOLIDÁRIA CRIADA “RENASCER PARROZELOS”

A União de Freguesias de Cerdeira e Moura da Serra desde a primeira hora e em Colaboração com a Casa da Povo de Cerdeira e Moura da Serra, I.P.S.S., as Comissões\Ligas de Casarias, Cerdeira, Moura da Serra, Mourísia, Parrozelos, Relva Velha, Valado, Compartes e Gr. Rec. “Os Malmequeres” e toda a Comunidade em geral, abraçaram esta Família que ficou desalojada no passado dia 25 de Dezembro (Dia de Natal) por um incendio ter consumido praticamente todo o interior da Habitação onde residiam na Aldeia dos Parrozelos, nas primeiras noites\dias esta família ficou alojada e foi “abraçada” na Casa do Povo de Cerdeira e Moura da Serra, I.P.S.S., sendo que desde o dia 28/12/2020 encontra-se em Instalações que pertencem à Comissão de Melhoramentos de Relva Velha com o apoio de toda a Comunidade…

A Família Ferreira Pinto e que é composta por 5 pessoas, o Casal Sérgio Pinto e Patrícia Ferreira com os seus 3 filhos, o Santiago de 6 Anos, a Laura de 4 Anos e a pequena de Leonor que está a poucos dias de completar os 3 anos de idade…

Há cerca de 2 anos, e com a ligação à Serra do Açor, mais concretamente à Aldeia dos Parrozelos, o casal decidiu adquirir a Casa que pertencera à Bisavó do Sérgio, com o intuito de que quando fosse possível ficarem ligados materialmente aos seus antepassados dando igualmente uma melhor qualidade de vida às suas crianças. Obras profundas à Habitação foram efetuadas e no passado dia 15 de Novembro de 2020 (há pouco mais de 1 mês) mudaram-se definitivamente para a “Casa dos seus Sonhos”

Tudo corria bem até à noite fatal do dia de Natal, em que do nada, as chamas alastraram-se rapidamente e deixando de ver e o que puderam fazer foi fugir e salvarem-se aos sete (naquela noite os irmãos da Patrícia encontravam-se com a família). No final da noite o fogo tinha consumido a maior parte do interior da habitação.

Numa onda de Solidariedade foi aberta no dia de hoje, 29 de Dezembro de 2020, uma Conta de Angariação de Fundos\Solidária, Supervisionada pela União de Freguesias de Cerdeira e Moura da Serra, que visa a Reconstrução do Lar que fora “roubado” a este Casal e às suas 3 Crianças, esta Conta tem o único objetivo de devolver a esperança que lhes fora arrancada temporariamente, estando todos nós de forma convicta, Instituições e Comunidade em Geral, confiantes que esta história irá ter um Final Feliz.

Apelamos a todos que possam contribuir para esta Causa Solidária, deixando por esta via os dados da Conta para onde poderão efetuar\dar o vosso Contributo.

NIB: 004534514033467890276

IBAN: PT50004534514033467890276

Nome da Conta: S.P.-RENASCER PARROZELOS

Pedimos a colaboração de todos e solicitamos que partilhem\façam chegar ao próximo, de modo a que este nosso (De todos) simples gesto possa trazer a esperança que no dia de natal fora retirada ao Sérgio, à Patrícia e aos seus 3 Filhos

Contamos Todos com Todos…

Juntos somos mais fortes!

fonte: noticias de coimbra