Benfica vence SC Braga com dois golos de Vinícius

132

Equipa de Jorge Jesus soma por vitórias todas as partidas realizadas até ao momento.

O Benfica de Jorge Jesus soma e segue na preparação para a nova época. Esta quarta-feira, a equipa ‘encarnada’ venceu o SC Braga (2-1) no Estádio da Luz, somando por triunfos todos os jogos realizados até ao momento. Paulinho (30’) inaugurou o marcador para os minhotos, no entanto as águias conseguiram a reviravolta no segundo tempo, graças a um ‘bis’ de Carlos Vinícius (55’ e 90’).

Sem Rúben Dias e Vertonghen, ao serviço das respetivas seleções, nem Jardel, que está lesionado, Jorge Jesus apostou numa dupla inédita para o eixo da defesa, com Ferro a titular pela primeira vez na pré-época ao lado de André Almeida. O técnico das ‘águias’ trocou ainda Vinícius por Seferovic na frente de ataque relativamente ao onze apresentado no último jogo de preparação com o Bournemouth.

Com grande intensidade e pressão alta, o Benfica esteve muito perto de abrir o marcador logo aos sete minutos, com Taarabt a descobrir Rafa no flanco direito e o extremo a cruzar atrasado para o remate de Pizzi à trave. Pouco tempo depois, uma nova combinação entre Rafa e Pizzi quase deixou o médio na cara de Matheus – valeu o corte de David Carmo.

A equipa de Carlos Carvalhal foi subindo de rendimento e criando perigo em transições rápidas. E foi mesmo o SC Braga quem chegou ao golo: Esgaio tocou de primeira para André Horta, que entrou na área e cruzou rasteiro para Paulinho (31′), que só teve de encostar para o 1-0.

Os minhotos voltariam a criar perigo aos 39′, com André Horta a rematar da zona do meio-campo. A bola passou ao lado da baliza, mas Vlachodimos, que estava bastante adiantado, ainda foi obrigado a correr para trás.

A segunda parte começou com muitas mexidas no lado do SC Braga, com destaque para Nico Gaitán, que teve a oportunidade de defrontar a antiga equipa. Jorge Jesus, por sua vez, optou por não fazer mudanças.

Aos 51′ o Benfica chegou ao empate através de Vinícius: bom trabalho de Pizzi no corredor direito, deixar para o brasileiro, que ultrapassou Rolando e atirou depois com o pé esquerdo para o fundo das redes.

O SC Braga tentou responder aos 63′, num cabeceamento de Nico Gaitán, que obrigou Vlachodimos a uma grande defesa. Jorge Jesus aproveitou para refrescar a equipa e lançou Pedrinho, João Ferreira e Diogo Gonçalves.

O jogo ficou ainda marcado pela expulsão de Taarabt, que viu o segundo amarelo após uma falta dura sobre Francisco Moura, e pelo desentendimento do marroquino com Gaitán, antes de deixar o Benfica reduzido a dez unidades.

A equipa de Jorge Jesus respondeu de forma positiva à inferioridade, nunca denotando grandes dificuldades na gestão do adversário, com Diogo Gonçalves, João Ferreira, Pedrinho, Gabriel, Cervi, Chiquinho a acabarem por ir a jogo.

A decisão acabou por surgir apenas nos descontos e quase numa repetição do primeiro golo dos ‘encarnados’. Vlachodimos negou o golo num cabeceamento de Abel Ruiz e no minuto seguinte Vinicius intercetou um passe de Sequeira para se isolar e driblar Tiago Sá, atirando para o 2-1 final.

Segue-se agora nova partida no Estádio da Luz com o Rennes (5 de setembro), naquele que será o último encontro particular antes da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões com o PAOK (15 de setembro).

Equipas:

– Benfica: Vlachodimos, Gilberto, André Almeida, Ferro, Nuno Tavares, Weigl, Taarabt, Pizzi, Everton, Rafa e Vinícius.

(Jogaram ainda: Diogo Gonçalves, João Ferreira, Pedrinho, Gabriel, Cervi, Chiquinho).

Treinador: Jorge Jesus.

– Sporting de Braga: Matheus, Esgaio, David Carmo, Raul Silva, Bruno Viana, Castro, André Horta, Fransérgio, Murilo, Ricardo Horta e Paulinho.

(Jogaram ainda: Tiago Sá, Gaitán, Al Musrati, Abel Ruiz, Rolando, Sequeira, João Novais, Iuri Medeiros, Zé Carlos, Moura).

Treinador: Carlos Carvalhal.

Árbitro: André Narciso (Setúbal), na primeira parte; Hugo Silva (Santarém), na segunda parte.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Taarabt (41 e 69), André Horta (45+3), Gaitán (70). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Taarabt (69).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

fonte:sapo