Cidadãos por Coimbra questiona “gigantesco aterro” e “abate dos laranjais”

166

“Tendo em conta o gigantesco aterro na Portela e o abate dos laranjais”, o movimento Cidadãos por Coimbra (CpC), “vem protestar contra esta brutal alteração do coberto vegetal da margem do Mondego”, anuncia o grupo liderado por Jorge Gouveia Monteiro em nota de imprensa enviada a Notícias de Coimbra. 

“Qualquer cidadão ou cidadã pode ver hoje a diferença comparando a paisagem actual com as fotos do Google Earth  que mostravam bem a vegetação que lá existia”, declara o CpC.

O movimento exige mesmo que o Presidente da Câmara Municipal de Coimbra  dê uma resposta clara e urgente sobre a operação, indicando “quando foi feito o pedido de avaliação de uma tão vasta operação de abate de vegetação e de criação de um acesso viário largo junto à água”.

Onde está o parecer da APA – Agência Portuguesa de Ambiente – que tem a tutela do domínio público hídrico, questiona o movimento.

O CpC pretende saber “qual a rubrica do Plano e Orçamento do Município para 2021 que suporta esta obra e respetiva despesa” e “que discussão foi feita sobre esta operação nos órgãos Municipais, Câmara ou Assembleia Municipal”.

Notícias de Coimbra  avançou na sexta-feira que vai nascer um campo de golfe na cidade, precisamente nesta zona, entre a ponte da Portela e a praia fluvial do Rebolim, por sugestão da Câmara, após alguns pareceres para a sua localização.

Os terrenos já estão identificados e estão a ser preparados os procedimentos no sentido de ser possível a criação do primeiro campo de golfe em Coimbra, num local privilegiado, bem junto ao Mondego, informou o NDC.

fonte: noticias de coimbra