Coimbra: 13 anos de prisão para autor de disparos contra guardas

23

Treze anos de prisão é a pena aplicada, ontem (16), pelo Tribunal de Coimbra, a um arguido acusado de, em meados de 2019, ter tentado matar dois militares da GNR.

A patrulha da Guarda ordenou ao indivíduo que parasse, mas ele – sem habilitação legal para conduzir e a guiar um veículo que havia reprovado ao ser sujeito a inspecção – pôs-se em fuga e, entre Cernache e Condeixa-a-Nova, acabou por alvejar os agentes.

O arguido foi condenado, ainda, a indemnizar os agentes da GNR (75 000 euros para a vítima atingida na face, Hugo Pires, e 31 000 euros para Pedro Carvalho).

fonte:noticias de coimbra