Covid-19: Região com mais casos e Coimbra no nível Muito Elevado

190

Miranda do Corvo é o único concelho na Região de Coimbra em risco Extremamente Elevado de infeção por covid-19. É o  nível mais alto da tabela, com 1291 casos por 100.000 habitantes, segundo relatório epidemiológico sobre a covid-19 em Portugal, divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde. Há mais quatro  municípios em risco Muito Elevado nesta unidade territorial: Coimbra, Lousã, Mira e Vila Nova de Poiares.

Coimbra sobe para risco Muito Elevado, registando uma subida no número de casos e voltando a maiores restrições, a manterem-se as medidas para os municípios com a incidência cumulativa entre 480 e 959,9 casos por 100.000 habitantes (assinaladas a cor-de-laranja no gráfico NDC).

Lousã, Mira e Vila Nova de Poiares, juntamente com Coimbra, estão agora em risco muito elevado, agravando as medidas restritivas e juntam-se à Figueira da Foz, Penacova, Arganil, Pampilhosa da Serra, Penela, Mealhada e Cantanhede.

A amarelo no infográfico Notícias de Coimbra correspondem os municípios em risco Elevado, e mantêm-se quatro da Região de Coimbra: Soure, Condeixa, Montemor-o-Velho e Mortágua, com incidência entre 480 e 959,9.

Com risco Moderado continuam a estar Góis, Tábua e Oliveira do Hospital. Porém, Tábua com 238 casos por 100 mil habitantes está no topo do risco moderado e é dos concelhos que apresenta uma incidência mais elevada ao nível nacional (no risco moderado) colocando-se à beira de subir de patamar.

A Incidência Cumulativa a 14 dias de infeção por SARS-CoV-2/COVID19 corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada, por concelho, a 31 de Dezembro de 2019, pelo Instituto Nacional de Estatística. Habitualmente é expressa em número de casos por 100.000  habitantes.

fonte: noticias de coimbra