Fundação EDP doa 3.000 computadores a escolas

90
Distance learning, studying at home. Girl having online school lesson with teacher during quarantine and lockdown due to Covid-19 pandemic

A Fundação EDP vai doar cerca de 3.000 computadores, no valor de um milhão de euros, a escolas e alunos em situação de vulnerabilidade, informou hoje a instituição, num comunicado enviado à agência Lusa.

Os restantes computadores, destinados a alunos entre os 6 e os 14 anos, serão “distribuídos às escolas identificadas consoante a disponibilidade dos fornecedores”, é referido na mesma nota.

A ação decorre no âmbito do Programa EDP Solidária, as escolas foram sinalizadas “em conjunto com o Ministério da Educação e fazem parte do Programa TEIP – Territórios Educativos de Intervenção Prioritária, estando localizadas em territórios económica e socialmente desfavorecidos, marcados pela pobreza e exclusão social”, salienta o comunicado hoje divulgado.

Os computadores vão ficar disponíveis para a utilização dos alunos das escolas selecionadas “durante o seu percurso letivo”.

Criado em 2004, o Programa EDP Solidária tem o objetivo de apoiar projetos que melhorem a qualidade de vida de pessoas socialmente desfavorecidas e de promover a integração de comunidades em risco de exclusão social.

“A Fundação EDP tem no seu ADN o investimento social em áreas prioritárias da sociedade portuguesa. Perante o regresso do ensino à distância dos nossos jovens, queremos contribuir para a inclusão digital de alunos em situação vulnerável, ajudando assim a criar condições mais favoráveis ao sucesso escolar”, frisou Vera Pinto Pereira, presidente da Fundação EDP, citada na mesma nota.

fonte: noticias de coimbra