Mulher vive há um mês no parque infantil de Buarcos

41

Uma mulher, de 70 anos, francesa, que indicia doença mental, vive sozinha no parque infantil de Buarcos, onde também pernoita. A Junta de Buarcos e São Julião, a Câmara da Figueira da Foz e diversos outros organismos públicos e instituições locais de solidariedade social estão a tentar encontrar uma solução.

Contudo, ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, a sem-abrigo tem recusado apoios institucionais que possam resolver a sua situação.

Entretanto, a mulher foi avaliada, no local, por uma equipa clínica multidisciplinar, incluindo a saúde mental. Caso continue a recusar apoio e se confirmar que sofre de doença mental, poderá vir a ser solicitado à justiça o internamento compulsivo.

As instituições e entidades que estão a acompanhar o caso, incluindo o SEF, estão a tentar descobrir se a sem-abrigo tem familiares que possam ser contactados.

fonte;diario das beiras