PSG nas meias da ‘Champions’ após reviravolta nos descontos

27

Dois golos nos minutos finais permitiram hoje ao Paris Saint-Germain vencer a Atalanta, por 2-1, em jogo dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, que ‘abriu’ de forma fenomenal a ‘final a oito’ em Lisboa.

Marquinhos, aos 90 minutos, e Choupo-Moting, aos 90+3, foram os ‘salvadores’ da equipa francesa no dia do seu 50.º aniversário, que se viu em desvantagem desde os 27 minutos, graças a um golo de Mario Pasalic a favor dos italianos, afastados de forma cruel na sua primeira temporada a disputar a principal competição europeia de clubes.

O Paris Saint-Germain fica à espera, nas ‘meias’, do vencedor do duelo entre os alemães do Leipzig e os espanhóis do Atlético de Madrid, que se defrontam na quinta-feira, no Estádio José Alvalade.

Com três minutos de jogo, já as duas equipas tinham ocasiões de perigo. Primeiro, a Atalanta, por Alejandro Gómez, que atirou rasteiro e fraco para as mãos de Keylor Navas, com o Paris Saint-Germain a reagir de imediato, mas o brasileiro Neymar esteve numa noite bastante desinspirada na finalização e atirou inesperadamente ao lado, com tudo para fazer golo.

Os italianos entraram melhor na partida e viram no guarda-redes Keylor Navas um difícil oponente, com duas fantásticas defesas aos 11 minutos, mas o costa-riquenho não conseguiu levar a melhor aos 27, quando Mario Pasalic, de primeira, abriu a contenda com um remate bem colocado, após assistência de Duván Zapata.

A reação dos parisienses ao golo sofrido não se fez esperar, através de ‘rasgos’ individuais de Neymar, que rematou forte em zona frontal aos 28, perto do poste direito, e voltou a desperdiçar de forma incrível uma clara oportunidade aos 42, ao atirar muito torto na cara de Marco Sportiello, após erro grave da defensiva dos italianos.

fonte:sapo