Santana Lopes assume que liderança do Aliança “não correu” bem

22

O presidente do Partido Aliança, Santana Lopes, assumiu hoje, em Torres Vedras, no congresso do partido, que a sua liderança “não correu bem” por concluir que o eleitorado “não gosta de votar” em candidatos oriundos de “outra cor política”.

Esperado ao longo de todo o dia do congresso, Pedro Santana Lopes entrou na sala pelas 18:30 para, na despedida da liderança, “pedir desculpa por a sua liderança não ter corrido bem”.

“Os portugueses não gostam de votar em alguém que veio de outra cor política no passado”, concluiu.

O presidente do Aliança apontou também dissidências dentro do partido, com militantes, nas redes sociais, “a escrever publicações a dizer mal do partido e nunca a dizer bem”.

Ainda assim, disse que “não sai danado com ninguém”.

Santana Lopes disse que esteve para se demitir na noite das últimas eleições legislativas, após os resultados alcançados, mas não o fez “por uma questão de responsabilidade”.

“Não devia tomar uma posição de rutura, mas preparar o partido” para a sua saída, sublinhou.

Justificando a sua ausência no congresso, afirmou que foi propositada para “não se destacar” no evento.

O congresso do Partido Aliança termina no domingo, em Torres Vedras, no distrito de Lisboa.

fonte:noticias de coimbra