São João da Figueira da Foz “para todos e com todos! Veja o programa das festas

110

O Município da Figueira da Foz já apresentou a programação de São João, descentralizada e assente no pressuposto da segurança, a qual conta com ações itinerantes durante todo o mês de junho, de forma a manter vivas as tradições e a conseguir evitar aglomerações de público.

A programação conta com cerca de 70 ações de rua, para além de eventos desportivos e de eventos no Centro de Artes e Espectáculos (CAE), com animação junto dos agentes económicos locais, com recurso e apoio às Coletividades e que, segundo afirmou o presidente da Autarquia, Carlos Monteiro são “para todos e com todos”, uma vez que houve a preocupação de criar um programa que decorra em todo o Concelho.

As (mini) Marchas e Animação itinerantes e o programa “Viva as Freguesias” são os grandes destaques deste ano, sendo que a primeira conta com Coletividades, Filarmónicas e Gaiteiros a animar várias artérias da freguesia de Buarcos e São Julião e a segunda com atividades que pretendem levar o público à descoberta do património e das tradições das freguesias figueirenses.

“No fim de 15 meses de pandemia, temos de dar um impulso que sirva de apoio aos agentes económicos de forma a minimizar o que foi perdido”, adiantou. O edil acrescentou ainda que, para além das atividades decorrerem na cidade e nas freguesias, o programa visa apoiar as Coletividades e, de igual forma, o setor da restauração, uma vez que a animação vai decorrer sempre perto desses estabelecimentos.

Para além dos destaques referidos, ainda vão decorrer a Feira de São João, na Avenida de Espanha, o Espetáculo Pirotécnico com seis pontos de lançamento instalados no contorno da nossa costa, o Festival das Caldeiradas, as Serenatas Aquém e Além Mondego, a Sessão Solene, a abertura da Quinta das Olaias ao público e a inauguração do Quartel da Imagem.

“Temos um programa que permite evitar aglomerações mas também nos permite comemorar”, reiterou.

Destacando o programa “Viva as Freguesias”, a vice-presidente da Autarquia, Ana Carvalho, apelou a que as pessoas se desloquem às freguesias, em segurança, de forma a conhecerem as mais-valias que cada território tem para dar a conhecer. Já no que à animação de rua diz respeito, enfatizou que o objetivo é que “traga alegria e que as pessoas se sintam bem e divertidas”.

Por sua vez, os vereadores Nuno Gonçalves e Mafalda Azenha destacaram também os aspetos fundamentais relativos à programação da Cultura e do Desporto e, sendo vasta a programação cultural presente ao longo do mês de junho, o vereador ressalvou que houve a “importância de envolver os figueirenses que se dedicam às artes”, enquanto na prática desportiva, a novidade passa por voltar a poder existir público, o que para a vereadora representa “um marco da sensação de liberdade estar a ser retomada”, ainda que, com toda a segurança necessária.

No que diz respeito às iluminações decorativas alusivas a esta quadra, foram ligadas no dia 28 de maio, mantendo-se acesas até aos primeiros dias do mês de julho.

A aposta na animação itinerante permite, desta forma, realizar mais iniciativas e prolongá-las no tempo, como incentivo à retoma da dinâmica da economia do Concelho.

Iluminações decorativas 

O São João começou a sentir-se nas ruas da Figueira da Foz pelo dia 28 de maio, quando foram ligadas as iluminações associadas a esta comemoração. Com um total de 10 spots espalhados pela zona urbana, a cidade encontra-se enfeitada com iluminação led, de baixo consumo e tem dado outro encanto às noites figueirenses.

Locais:

  • Rua Bernardo Lopes
  • Rua Cândido dos Reis
  • Rua Académico Zagalo
  • Esplanada Silva Guimarães
  • Praça Luís Albuquerque
  • Rua 5 de Outubro (Buarcos)
  • Av. Saraiva de Carvalho (junto à Praça Europa / frente à Câmara Municipal)
  • Rotunda de entrada centro/sul da Cidade (a seguir ao pórtico)
  • Rotunda dos Bombeiros Voluntários (entrada norte da cidade)
  • Av. 25 abril e Av. Espanha (desde a Rot. Galante até à Praça do Forte)  

Festival das caldeiradas 

Entre os dias 03 a 13 de junho, no Bijou Restaurante, Caçarola Dois, Caçarola Um, Casa dos Papagaios, Casa Mariquinhas, Casa Mota, Dory Negro, Grazina Casa das Enguias, Marégrafo, Pep’s, Restaurante Lota Nova e Restaurante Trancosense, vai realizar-se o Festival das Caldeiradas, organizado pela Associação Figueira Sabor a Mar.

Garantidamente capaz de o deixar com água na boca. 

Serenatas aQUéM E ALÉM mondego

Entre os dias 09 de junho e 15 de setembro, pelas 22 horas, a animação vai ser garantida Aquém e Além Mondego, nas freguesias do Paião, Maiorca, Alqueidão, Ferreira-a-Nova, Alhadas, Bom Sucesso, Moinhos da Gândara e Vila Verde. Esta ação tem por base o projeto criado no ano anterior, “Há Cinema Nas Freguesias”, que visa descentralizar a animação do centro da cidade.

Se é apreciador de serenatas não esteja à espera para colocar este programa na sua agenda. 

Os bilhetes são gratuitos, mas devem ser levantados nas Juntas de Freguesia.

Marchas populares

Não sendo possível, este ano, manter a tradição das habituais Marchas de São João, o Município da Figueira da Foz não quis deixar de celebrar uma das mais emblemáticas quadras do Concelho – Os Santos Populares. Nesse sentido, irá promover um programa que leva a animação até ao público e não o contrário, prevenindo e evitando assim a aglomeração de pessoas. 

Nos dias 09, 11, 13, 13, 18, 19, 20, 23, 24, 25, 26 e 27 de junho, num total de 66 atuações de rua, são seis as mini Marchas Populares que vão animar as ruas do Bairro Novo e da freguesia de Buarcos e São Julião, juntamente com algumas Filarmónicas e Gaiteiros, nomeadamente:

  • GRV – Grupo Desportivo e Recreativo Vilaverdense 
  • GIS – Grupo Instrução e Sport
  • Mulheres de Tavarede 
  • Quiaios Clube 
  • Sociedade Filarmónica Paionense 
  • SIRL – Sociedade Instrução e Recreio de Lares 
  • Sociedade Filarmónica Dez de Agosto 
  • Sociedade Filarmónica Figueirense 
  • Sociedade Musical e Recreativa de Alqueidão 
  • Gaiteiros do Paião 

Todas as animações vão decorrer ao ar-livre e acompanhadas por um colaborador da Autarquia, de forma a assegurar todas as condições de higiene e segurança. 

Feira de são joão 

No âmbito da parceria estabelecida entre o Município da Figueira da Foz e a APIC – Associação de Profissionais Itinerantes Certificados, a Feira de São João ganha, este ano, um novo fôlego com equipamentos mais apelativos para o público em geral. 

A tão apreciada Roda Gigante que permite uma vista panorâmica privilegiada da cidade, simuladores, os característicos carrinhos de choque, jogos de tiro ao alvo, trampolim, farturas e diversos outros equipamentos acessíveis a diferentes faixas etárias, vão estar em destaque nesta iniciativa que vai decorrer entre os dias 18 a

27 de junho, no Parque da Avenida de Espanha.

Viva as freguesias 

Atentas às restrições inerentes à realização da habitual Feira das Freguesias, o Município da Figueira da Foz desafiou as Juntas de Freguesia a organizarem programas que levassem o público à descoberta do seu património e das tradições de cada local. 

Da gastronomia, aos passeios pela natureza, da música ao artesanato, serão inúmeras as atividades que as Juntas de Freguesia vão promover em parceria com as suas Coletividades e que levaram à criação do programa “Viva As Freguesias”, a realizar entre os dias 19 de junho e 11 de julho, de forma rotativa. 

PROGRAMAÇÃO:

19 e 20 de junho | 3 e 4 de julho: Buarcos e S. Julião | Bom Sucesso | Moinhos da Gândara | Maiorca | Vila-Verde | Alqueidão | Lavos 

26 e 27 de junho | 10 e 11 de julho: Tavarede | Quiaios | Alhadas | Ferreira-a-Nova | São Pedro | Paião | Marinha das Ondas 

VIVA AS FREGUESIAS!

Espetáculo pirotécnico 

Não poderia faltar o emblemático Espetáculo Pirotécnico para embelezar o céu e poder assinalar o São João, na Figueira da Foz. Desta forma, o Município optou por criar seis pontos de lançamento, para garantir a descentralização de pessoas. São eles:

  • Praia de Quiaios
  • Praia de Buarcos
  • Praia da Claridade 
  • Praia da Cova-Gala
  • Praia da Costa de Lavos
  • Praia da Leirosa

Por isso, já sabe. Na noite de 23 para 24 de junho, pelas 00h00, olhe para o céu e deixe-se encantar com um magnífico espetáculo de luz e cor.

Eventos desportivos 

Do dia 12 ao dia 27 de junho, são vários os eventos desportivos que vão ter palco na Figueira da Foz e com entrada gratuita, nomeadamente: 

  • 1ª Prova do Campeonato Nacional de Aquabike (Jetski e Motas de Água), vai realizar-se nos dias 12 e 13 de junho, no Estuário do Rio Mondego, sob a organização da Federação Portuguesa de Motonáutica. 
  • O torneio Hugo Almeida Futvolei Series, vai decorrer nos dias 24, 26 e 27 de junho, na zona Desportiva de Buarcos e sob a organização da AD Buarcos 2017.

– A tradicional Regata de São João, vai ter lugar na Baía Oceânica, no dia 26 de junho, sob organização do Clube Náutico da Figueira da Foz. 

CINEMA

11 de JUNHO | 19h00

PRAZER, CAMARADAS!

Auditório João César Monteiro | M14 | 1H45| Entrada: 4,00€

12 de JUNHO | 16h00

O Lugar Perfeito

Uma Curta-Metragem de Ana Carolina Pascoal e Adriana Mendes

Auditório João César Monteiro | M12 | 25 min | Entrada: 4,00€

18 de JUNHO | 19h00

RAPARIGAS

Auditório João César Monteiro | M12 | 1H37 | Entrada: 4,00€

25 de JUNHO | 19h00

LADRÕES DE BICICLETAS

Auditório João César Monteiro | M6 | 1H29 | Entrada: 4,00€

SESSÕES DE CINEMA INFANTIL | “CONVERSA SEM PIPOCAS”

SHORTCUTZ | Auditório João César Monteiro

13 DE JUNHO | 10H30

M 3

20 de JUNHO | 10H30

M 6

Entrada Gratuita Limitada à lotação da sala

ÓPERA

12 de junho | 21h00

Simplex

Ópera Cómica Multimédia

Grande Auditório | M6 | 70 min | Entrada: 5,00€ e 7,50

MÚSICA

26 de JUNHO | 21h00

AMOR ELECTRO – “JUNTOS”

Grande Auditório | M6 | 90 min | Entrada: 15,00€

WORKSHOPS | RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

12, 19 e 26 de JUNHO e 3 JULHO | OBSERVARTE

COM ALISA CHURY, CATARINA CAEIRO E NITAEL BRUNO

OUTROS EVENTOS

13 de JUNHO | 16H00

Apresentação do livro “A Redoma da Rosa Branca”, de Ana Carolina Pascoal

Entrada Gratuita

ACOLHIMENTO | ENTRETENIMENTO

17 de JUNHO | 20H30

DEPOIS, VAI-SE A VER E NADA! COM JOSÉ PEDRO VASCONCELOS

Grande Auditório | M 16 | 70 min | Entrada gratuita (mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE)

27 DE JUNHO | 16H30

IRINA LOPES & SPECIAL FRIENDS 2 | CONCERTO SOLIDÁRIO

Grande auditório | M6 | 90 min | Entrada: 5,00

Praça dr. João Ataíde

INAUGURAÇÃO DO TOPÓNIMO

Pelas 10h, do dia 24 de junho, Dia da Cidade, irá decorrer a Inauguração do Topónimo “Praça Dr. João Ataíde”.

Dr. João Ataíde desempenhou funções como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz durante 10 anos. A regeneração urbana efetuada numa das zonas mais emblemáticas da cidade, a envolvente ao Forte de Santa Catarina, foi uma obra marcante do seu primeiro mandato, devolvendo aquele local de lazer aos figueirenses, ganhando-se um novo espaço atrativo e de qualidade numa zona nobre da cidade. 

Assim, pretendendo-se homenagear e perpetuar o seu nome na cidade, foi aprovada pela Comissão Municipal de Toponímia, a revogação do topónimo da praça em frente ao rio, junto à Marina de Recreio, e atribuir aquele espaço ao topónimo “Praça Dr. João Ataíde”.

Sessão solene 

No dia da Cidade, as comemorações têm continuidade com a cerimónia de entrega de Distinções Honoríficas, pelas 11h15 horas, no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz (CAE), que irá ser transmitida em direto para o Facebook do Município. Vão ser entregues cerca de 130 distinções honoríficas repartidas entre funcionários do Município, entidades e personalidades figueirenses, PMEs Líder e PMEs Excelência 2020.

Abertura Quinta das Olaias

Quinta das Olaias,  imóvel  classificado  de  “Interesse  Municipal”, que integra  um  notável  conjunto  arquitetónico,  com  casa  principal  e  chalet  de  inspiração nórdica, abre portas ao público dia 24 de junho, pelas 15H00, com um conjunto de uma centena de exposições de João Reis.

Nos últimos anos, o Município tem investido na valorização e requalificação dos espaços da Quinta das Olaias, com vista a proporcionar melhores condições de conservação e exposição de bens móveis e obras de arte, maior segurança através de sistemas de videovigilância e prevenção contra incêndios, e melhores acessibilidades, em particular para pessoas com mobilidade reduzida, de forma a poder agora tornar o espaço visitável. 

A propriedade, de inegável valor histórico e paisagístico, particularmente apta a acolher visitantes e eventos, potenciando um recurso cultural de relevância turística para o Município, terá dois pisos para dar a conhecer. Nomeadamente o piso térreo que se encontra decorado e mobilado e o piso superior que foi também reabilitado e recebe cerca de uma centena de peças de coleções de João Reis, entre as quais doze obras adquiridas pela Autarquia.

Assim, a Quinta das Olaias passa a estar dotada de um conjunto de instalações que constituem locais privilegiados para a realização de visitas guiadas, eventos e atividades de caráter social e familiar, académico e científico, cultural, comercial, empresarial, turístico ou promocional e de lazer, integrando os seguintes espaços:

  1. a)Casa principal – Coleção António Caetano
  2. b)Casa principal – Coleção João Reis
  3. c)Chalet
  4. d)Arena (antigo court de ténis)
  5. e)Jardim e parque envolvente

Quartel da imagem               

Inaugurado no próximo dia 26 junho, pelas 11H00, o edifício do “Quartel da Imagem”, resulta num espaço partilhado por um Arquivo Fotográfico e Filmográfico, por Coworking e por duas salas de exposição, vai ser inaugurado no próximo dia 26 de junho.

Para a abertura do novo espaço foi projetada uma exposição com a assinatura de Mestre António Viana, com o apoio da Cinemateca Portuguesa. Esta exposição tem como ponto de partida a “imagem” na vertente da fotografia e cinema, sendo composta por duas salas, uma das quais dedicada ao cinema “Parque Cine” e a outra a Manuel Santos, fotógrafo, cineasta amador que fotografou a cidade, as suas gentes e realizou um dos primeiros filmes de promoção da cidade, sendo o elo de ligação entre as duas o filme realizado por Manuel Santos e exibido no Parque Cine em agosto de 1930, “Figueira da Foz Rainha das Praias Portuguesas”.

No que ao edifício diz respeito, o atual “Quartel da Imagem” e antigo Quartel dos Bombeiros Municipais, foi alvo de uma requalificação, integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, cuja finalidade foi a criação de um espaço cultural para instalação e acolhimento de atividades ligadas à imagem, fotografia, cinema e outras produções artísticas. 

Assim, poder-se-á experienciar um ambiente urbano dinamizador da criatividade, do networking e da inovação social, de espaços promotores da interatividade e cooperação entre grupos de trabalho, bem como de espaços de mostra e exposição de trabalhos desenvolvidos, e ainda de um Arquivo Fotográfico e Filmográfico.

fonte: noticias de coimbra