Soure acolhe colóquio sobre saúde mental e economia social promovido

27

A Deliciosas Diferenças – Cooperativa de Responsabilidade Limitada, sediada em Soure, promoveu o colóquio “Deliciosas Diferenças: Co-construção de uma nova resposta social”, com o objetivo de dar a conhecer e debater o trabalho desenvolvido pela organização, tendo por base os princípios e práticas da Economia Social, salientando o benefício da cooperação de respostas, nomeadamente dos setores da saúde, ação social, inserção e emprego.

O vereador Gil Soares, responsável pelo pelouro municipal de Ação Social e Saúde, presidiu à abertura da sessão, intitulada “Um Município Mais Justo e Saudável para as Pessoas com Doença Mental”.

Nos restantes painéis, subordinados aos temas “Saúde Mental: Desafios Atuais e Futuros” e “Economia Social: Quebrando Barreiras”, participaram como oradores especialistas da área da saúde mental, intervenção social, reabilitação e emprego, bem como outros parceiros do projeto.

Foram ainda entregues diplomas de reconhecimento aos investidores sociais, tendo também o Município de Soure sido agraciado pelo apoio prestado a esta resposta social. Recentemente, entres outros auxílios firmados, a Câmara Municipal de Soure aprovou a atribuição de um apoio financeiro, no valor de 5.000,00€, para aquisição de uma viatura de transporte de bens alimentares para a empresa de catering e para deslocação dos seus utentes.

Na sua intervenção final, o presidente da câmara, Mário Nunes, enalteceu o mérito do projeto Deliciosas Diferenças e dos seus cooperantes, que procuram dar resposta a uma população em situação de vulnerabilidade, através da sua reabilitação, ocupação e alojamento.

A sessão de encerramento contou ainda com a participação da Senhora Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, que felicitou a Cooperativa, o Município e demais parceiros e destacou o investimento realizado na intervenção social e no apoio à pessoa com deficiência, bem o trabalho desenvolvido no combate à sua exclusão social e laboral.

fonte: noticias de coimbra