Temperaturas sobem a partir de hoje e podem atingir 40 graus em algumas regiões

222

As temperaturas máximas vão subir a partir de hoje e até sexta-feira, podendo atingir 40 graus Celsius em alguns locais do litoral, Vale do Tejo, Vale do Douro e interior do Alentejo, segundo a meteorologista Maria João Frada.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adiantou que para hoje está prevista uma subida dos valores da temperatura máxima da ordem dos 4/7/8/9 graus nas regiões do litoral oeste.

“Vamos ter também hoje uma diminuição da intensidade do vento relativamente aos dias anteriores. Gradualmente as temperaturas tendem a subir também dia 15 e 16 [quinta e sexta-feira] e manter-se-ão elevadas pelo menos até dia 17 [sábado]. No dia 18 [domingo] está prevista uma descida dos valores da temperatura máxima”, disse.

De acordo com Maria João Frada, as temperaturas máximas vão chegar a sábado com valores a variar entre os 30 e os 35 graus, mas em alguns locais do litoral, Vale do Tejo, Vale do Douro e interior do Alentejo serão superiores e deverão oscilar entre os 37 e os 40 graus.

“Por isso, emitimos avisos de tempo quente inicialmente pelos distritos do litoral porque a subida hoje é no litoral, mas com a subida gradual nos próximos dias, esses avisos estendem-se às regiões do interior. Os únicos que em princípio não terão aviso serão os distritos de Faro e Setúbal”, indicou Maria João Frada.

O IPMA emitiu um aviso amarelo de tempo quente para os distritos de Bragança, Viseu, Évora, Porto, Guarda, Vila Real, Santarém, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra, Portalegre e Braga.

Este aviso amarelo vai estar em vigor entre as 10:00 de quinta-feira e as 05:00 de sábado.

“Nos próximos dias vamos ter céu pouco nublado ou limpo com tempo quente e temperaturas acima da média e em alguns locais a contribuir para onda de calor pois estão cinco graus acima daquilo que são os valores médios para a altura do ano em algumas estações do IPMA. Não quer dizer que vai haver uma onda de calor, mas as temperaturas são elevadas. Também estamos no verão e tudo isto é normal”, sublinhou.

A partir de domingo, segundo Maria João Frada, as temperaturas vão descer 4 a 7 graus Celsius.

“Já a partir de hoje vamos ter o instalar de uma corrente de leste, um vento do interior da Península Ibérica que transporta massas de ar quente. Esse vento vem até ao litoral e dai a subida ser hoje no litoral oeste e depois estende-se, mas depois no domingo prevê-se a entrada de ar do mar, um vento com componente marítima que é mais fresco que fará descer as temperaturas máximas”, explicou.

fonte: noticias de coimbra